• Principais Pontos Turísticos de Roma

      Estas são as atrações de Roma que você tem que visitar, mas existem muitas outras! Depois veja também os preços e horários dos principais pontos turísticos da Cidade Eterna.

      Vaticano - Basílica de São Pedro, Tumbas dos Papas, Museus e Necrópoles



      A basílica, as tumbas e a cúpula é possível visitar em um dia só. Para visitar os museus, onde está a famosa Capela Sistina, você precisa de, no mínimo, 3 horas (sem contar o tempo que se perde na fila, que em alta temporada é enorme).

      A visita à Necrópole Vaticanas dura 1 hora e meia, aproximadamente, e precisa ser agendada com bastante antecedência. Veja os hotéis próximos ao Vaticano

      Dica: Veja como evitar fila no Museu Vaticano. O Museu fecha aos domingos, porém todo o último domingo de cada mês ele abre gratuitamente. Dia 27 de setembro (Dia Mundial do Turismo) a entrada também é gratuita. O Roma Pass não vale para o Museu Vaticano.


      Castel Sant’Angelo



      Também conhecido como Mausoléu de Adriano (imperador), já foi usado como edifício militar na época do Império Romano, como fortaleza dos papas no período medieval e como prisão na época dos movimentos para unificação da Itália. Veja os hotéis próximos ao Castel Sant'Angelo

      Dicas: O Castel Sant'Angelo fecha às segundas-feiras.


      Piazza Navona



      Essa belíssima praça nos tempos da antiga Roma era o Estádio de Domiciano. Bem ao centro da praça está a Fontana dei Quattro Fiumi (Fonte dos Quatro Rios) e, ao redor, existem vários artistas que expõem e vendem seus trabalhos. Veja os hotéis próximos à Piazza Navona

      Dicas: nela se localiza a Embaixada Brasileira.


      Pantheon



      Templo dedicado a todos os deuses romanos
      , que mais tarde se tornou uma igreja católica, hoje se encontram enterradas diversas personalidades ilustres como os pintores Raffaello e Annibale Caracci, os reis Vittorio Emanuele II e Umberto I e a rainha Margherita. Veja os hotéis próximos ao Pantheon


      Piazza Venezia



      Umas das mais famosas praças romanas, onde se encontra o Vittoriano, monumento dedicado ao rei Vittorio Emanuele II e que abriga o corpo de um Milite Ignoto (soldado desconhecido) da Primeira Guerra Mundial representando todos os soldados que não puderam ter um túmulo com seus nomes.

      Na parte superior do Vittoriano se encontra o Museo Centrale del Risorgimento. Veja os hotéis próximos à Piazza Venezia

      Dicas: O Museu do Risorgimento possui um grande repertório de Giuseppe Garibaldi. Agora existe um elevador nas costas do monumento pelo qual é possível subir em seu ponto mais alto (custa, mais ou menos, 7 euros). Dá pra ver quase tudo de Roma, é muito legal, porém um pouco caro. Quem aguenta pode subir por uma escada interna do momumento, são 196 degraus!


      Campidoglio



      O monte capitolino é uma das sete colinas de Roma e é onde se situa a sede oficial do prefeito da cidade.

      A praça foi modificada diversas vezes, mas o último projeto foi realizado por Michelangelo em 1536.

      O artista queria que a principal atração da praça fosse o monumento equestre ao imperador Marco Aurélio (a estátua original se encontra nos Museus Capitolinos).

      Dicas: Na parte de trás do Campidoglio é possível ver e tirar fotos belíssimas do Fórum Romano. Ao lado da praça se encontra a igreja Santa Maria in Aracoeli, onde Santa Helena, mãe do imperador Constantino, está sepultada.


      Fórum Romano



      Era o centro comercial, religioso e político da Roma Imperial. Veja os hotéis próximos ao Foro Romano

      Dicas: O ingresso custa cerca de 11 euros e inclui a visita ao Coliseu e Palatino também.


      Fórum e Mercado de Trajano



      Foi último dos fóruns imperiais da Roma Antiga a ser contruído, no entanto, foi o maior e mais monumental. O mercado de Trajano era constituído de sedes de atividades administrativas dos Fóruns Imperiais e, de forma limitada, existiam atividades comerciais ao ar livre em suas ruas internas.

      Dicas: A entrada do Mercado de Trajano fica na Via IV Novembre 94, uma travessa da Via dei Fori Imperiali. Fecha às segundas-feiras.


      Coliseu



      Construído nos anos 70 d.C. foi utilizado para realizar combates de gladiadores, lutas de animais, execuções, batalhas navais, caçadas, etc. Veja os hotéis próximos ao Coliseu

      Dicas: Ao contrário do que se pensa, muito provavelmente, os cristãos não foram martirizados no Coliseu, mas sim, no Circo Máximo. O ingresso custa cerca de 11 euros e inclui a visita ao Fórum Romano e Palatino também.


      Arco de Constantino



      Situado entre o Coliseu e o Palatino, foi construído para comemorar a vitória de Constantino sobre Maxêncio na Batalha da Ponte Mílvio, 312 d.C. Veja os hotéis próximos ao Arco de Costantino


      Palatino



      Uma das sete colinas de Roma, é uma das partes mais antigas da cidade.

      Segundo a lenda, Roma teve origem exatamente nessa colina.

      Foi sede das residências dos aristocratas (época republicana) e imperadores (período imperial) de Roma.

      Dicas: Há mais ou menos um ano foi aberta para visitação parte da casa do Imperador Augusto (primeiro imperador de Roma). O ingresso custa cerca de 11 euros e inclui a visita ao Fórum Romano e Coliseu também.


      Circo Máximo



      Era uma arena muito antiga usada para jogos e entretenimento pelos reis etruscos. Depois do século II a.C., começou a ser utilizada também para festivais, corridas de bigas, batalhas navais, combates entre gladiadores, entre animais, martírios de cristãos e chegou a ter capacidade para até 250.000 espectadores.

      Hoje não existe mais quase nada do antigo Circo Máximo, somente poucas ruínas. Veja os hotéis próximos ao Circo Massimo

      Dicas: Como restou uma grande área livre hoje é usado para realizar grandes shows, comícios, manifestações, etc., ou é usado simplesmente como uma área de lazer para romanos e turistas. Ao lado do Circo Máximo existe o Roseto Municipal de Roma que abre ao público de maio a junho.


      Termas de Caracala



      Uma das maravilhas da Roma antiga, foram construídas pelo imperador Caracala em 212 – 217 d.C. e podiam abrigar mais de 1500 pessoas.

      Provavelmente, o objetivo principal era agradar o povo e desvincular seu nome da má fama que possuía devido a sua imensurável crueldade.


      Basilica di San Giovanni in Laterano



      Basílica de São João de Latrão
      em português, é a catedral do Bispo de Roma, ou seja, o Papa.

      Seu nome oficial é Archibasilica Sanctissimi Salvatoris (Arquibasílica do Santíssimo Salvador) e é considerada a “mãe” de todas as igrejas do mundo.

      Como catedral da Diocese de Roma, contém o trono papal (Cathedra Romana), o que a coloca acima de todas as igrejas do mundo, inclusive da Basílica de São Pedro.

      O Obelisco Laterano que se encontra na praça (na parte de trás da igreja) foi construído na época dos faraós Tutmósis III e Tutmósis IV (Século XV a.C.) e é proveniente do templo de Amon em Tebas (Egipto). Foi transportado para Roma pelo imperador Constantino II em 357.

      Mais informações sobre essa área em: Hospedar-se em Roma: Zona San Giovanni in Laterano.

      Dicas: Em um edifício vizinho a Basílica se encontra a Scala Santa ou Escada Santa, que significa na tradição católica a escada usada por Jesus para entrar na sala de seu interrogatório com Poncio Pilatos antes da crucificação. Afirma-se que foi trazida a Roma por Santa Helena, mãe de Constantino no ano de 326 d.C.


      Bocca della Verità



      É uma máscara de mármore com a boca aberta que fica no vestíbulo da igreja Santa Maria in Cosmedin.

      Na Idade Média era usada pelos maridos para saberem se suas esposas lhes eram fiéis ou não. Eles levavam suas respectivas mulheres até a Boca da Verdade e as obrigavam a colocarem suas mãos dentro dela, se tivessem sido infiéis, diz a lenda, a boca se fecharia decepando as suas mãos.


      Isola Tiberina



      Ilha em forma de barco localizada bem no meio do rio Tibre (Tevere), no centro de Roma.

      Dois terços da ilha é ocupado pelo hospital Fatebenefratelli e em frente a ele está a Basílica de San Bartolomeo. Veja os hotéis próximos à Ilha Tiberina

      Dicas: No verão, tanto na ilha como nas beiras do rio, são montados vários bares que são muito frequentados por romanos e turistas.


      Palazzo Chigi



      Sede do Presidente do Conselho de Ministros
      do governo italiano (atualmente Matteo Renzi).

      A entrada principal do palácio se encontra na Piazza Colonna de frente a coluna do imperador Marco Aurélio.


      Palazzo Montecitorio



      Sede da Câmara dos Deputados
      da República Italiana.

      Na Piazza Montecitorio se encontra também o obelisco de mesmo nome trazido do Egito para Roma pela imperador Augusto no ano 10 a.C.


      Fontana di Trevi



      A Fontana di Trevi, mais famosa e ambiciosa construção de Roma, foi inaugurada em 1735, é de estilo Barroco e foi transformada ao longo dos anos tendo a colaboração de Bernini e de Nicola Salvi.

      Antigamente era uma simples fonte, no Renascimento foi reavivada a tradição romana de construir uma bela fonte no fim de um acqueduto (Acqua Vergine, um dos mais antigos da cidade) e assim nasceu a fonte mais famosa do cinema, palco para Anita Ekberg e Marcello Mastroianni no filme A Doce Vida. Veja os hotéis próximos à Fontana di Trevi


      Dicas: Diz a lenda que jogar uma moeda de costas na fonte fará com que a pessoa retorne um dia a Roma. Mas, se não tiver uma moedinha para jogar, não se preocupe! Eu não joguei e hoje moro aqui! rs Vale lembrar que esse é um dos lugares com maior concentração de turistas da cidade, então, todo cuidado é pouco com os seus pertences.


      Palazzo del Quirinale



      Residência oficial do Presidente da República Italiana
      (atualmente Sergio Mattarella), encontra-se numa das sete colinas de Roma: colina Quirinale. Até 1870 foi a residência de verão do Papa e depois passou a ser o palácio real dos Savoia até 1946.

      O obelisco que se encontra na Piazza del Quirinale foi trazido do Egito para Roma no primeiro século d.C., provavelmente, na época do imperador Domiciano. Veja os hotéis próximos ao Quirinale

      Dicas: O palácio é aberto ao público todos os domingos das 8h30 às 12h, com exceção de (2015): 4 de janeiro, 1 de fevereiro, 5 de abril, 31 de maio, 1 de novembro, 20 e 27 de dezembro, e do período de 28 de junho a 06 de setembro (férias de verão). Não é necessário agendar a visita, basta pagar o ingresso de € 10,00 ou € 5,00 para jovens entre 18 e 25 anos (entrada gratuita para pessoas abaixo de 17 anos e acima de 65).


      Piazza di Spagna



      Uma das mais belas praças italianas possui uma escadaria que leva até a igreja Trinità dei Monti.

      Bem no centro dela se encontra a Fontana della Barcaccia, uma fonte em forma de barco projetada em 1627 pelos famosos escultores italianos Bernini, pai e filho. Veja os hotéis próximos à Piazza di Spagna

      Dicas: Um dos principais pontos de encontro entre turistas e romanos. Ao contrário do que se costuma ver nos cartões postais, as escadarias da praça só são enfeitadas com flores na primavera (abril/maio). Um espetáculo!


      Ara Pacis



      Altar dedicado a deusa Paz (Pax) por Otaviano Augusto para celebrar a Pax Romana, período de paz e prosperidade que gozou o Império Romano de 29 a.C., quando o imperador declarou o fim das guerras civis, até 180 d. C., ano em que morreu o imperador Marco Aurélio


      Piazza del Popolo



      A Praça do Povo, uma das mais importantes praças de Roma, foi modificada diversas vezes pelos pontífices sendo a última projetada por Giuseppe Valadier (importante nome do Neoclassicismo).

      Abriga três igrejas: Santa Maria del Popolo, ao lado da Porta del Popolo bem onde Nero morreu e foi sepultado, e as gêmeas Santa Maria in Montesanto e Santa Maria dei Miracoli ao lado oposto da praça.

      Duas fontes: Fontana della Dea di Roma de um lado e Fontana del Nettuno do outro.

      E no centro o Obelisco Flaminio, trazido do Egito para Roma pelo imperador Otaviano Augusto, circundado por 4 leões de mármore. Veja os hotéis próximos à Piazza del Popolo

      Dicas: Atualmente a praça é muito utilizada para realização de grandes e importantes eventos da cidade.


      Villa Borghese



      Situado na colina Pinciana, é o terceiro maior parque da cidade com 80 hectares.

      Era a casa de recreio que o Cardeal Scipione Borghese mandou construir na periferia de Roma e onde reuniu a sua coleção de obras de arte (Galleria Borghese que abriga obras de Gian Lorenzo Bernini, Caravaggio, Leonardo da Vinci, Raffaello, Rubens, Tiziano, etc.). Veja os hotéis próximos à Villa Borghese

      Dicas: Ponto de encontro dos romanos nos finais de semana durante o dia com muitas opções de lazer.

      Mapa com os principais pontos turísticos




      Photo Credits
      Vaticano: LSD13

      Castel Sant’Angelo: lorenzoferrara

      Piazza Navona: Begoña V.

      Pantheon: Small

      Campidoglio: Allie_Caulfield

      Mercati di Traiano: Xavier de Jauréguiberry

      Arco di Costantino: Erik Hagreis

      Terme di Caracalla: Greenery

      San Giovanni in Laterano: Jastrow

      Bocca della Verità: 1D110

      Isola Tiberina: khairul22

      Palazzo Chigi: Simone Ramella

      Palazzo Montecitorio: MnGyver

      Palazzo del Quirinale: frattaglia

      Ara Pacis: J. Salmoral

      Piazza del Popolo: xiquinhosilva

      Villa Borghese: kinitta
      Comments 39 Comments
      1. Avatar de Sergio Concilio
        Sergio Concilio -
        Ola Dani, qual o site você recomenda para comprar os ingressos do Coliseu, Forum Romano e Pantheon ? Você recomenda mais algum lugar para comprar ingresso antecipadamente além desses e mais os Museus do Vaticano, para se evitar filas?

        obrigado

        Sergio
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Oi, Sergio!

        Eu conheço o Omniticket.it porque alguns leitores falaram sobre ele neste tópico, veja: http://dicasderoma.com.br/forum/f4/i...oliseu-99.html

        Em geral, são estes os pontos turísticos que tem mais fila, os outros são tranquilos.

        Abs,

        Dani
      1. Avatar de cacatarina
        cacatarina -
        Olá Dani
        Vou estar em Roma três dias entre 24 a 27 de Setembro qual o dia que me aconselha a visitar o Vaticano, isto porque segundo a sua dica 27 Setembro sendo o dia do turismo a entrada é grátis e dia 26 é o ultimo domingo do mês em que a entrada também é grátis.
        Beijos
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Olá, Catarina!

        Eu não recomendo nenhum desses dias porque tem muita fila, mas se tiver que escolher entre os dois, acho melhor o dia 27, pois no domingo o museu fecha mais cedo do que o normal.

        Bjos!
      1. Avatar de aletaubate
        aletaubate -
        Dani tudo bem?
        Vou viajar para a LISBOA/MADRID/PARIS em marco, e no dia 04 queria extender ate Roma, eu aproveitaria 04/04 de tarde, dia 05/04 o dia todo, pois no dia 06, as 6 da manha ja tenho q voltar, que dicas voce poderia me dar de lugares a visitar, para nao pegar fila, pra agilizar ao maximo e economizar tempo..
        Obrigado
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Oi, aletaubate! De uma olhada neste topico: Passeio rapido de menos de um dia por Roma E se sobrar tempo, sugiro conhecer o Museu Vaticano que é demorado, mas vale a pena.
        Abs!
      1. Avatar de anar01
        anar01 -
        Olá Dani, primeiro parabéns pelo seu site, é ótimo e já anotei várias dicas. Queria uma informação que lendo por aqui ainda não encontrei. Vou em janeiro para roma, e queria visitar o vaticano no domingo para pegar a bença do Papa, vi que você comentou que tem muitas filas domingo porque é de graça, mas em janeiro também?
        Obrigada

        Abraços,
      1. Avatar de dan.digregorio
        dan.digregorio -
        Oi!

        no Angelus da quarta feira geralmente a praça nao fica tam cheia.

        O problema é o accesso na praça com controle no detector de metales que pode criar fila.

        Abs!

        Dan
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Citar Postado Originalmente por anar01 Ver Post
        Olá Dani, primeiro parabéns pelo seu site, é ótimo e já anotei várias dicas. Queria uma informação que lendo por aqui ainda não encontrei. Vou em janeiro para roma, e queria visitar o vaticano no domingo para pegar a bença do Papa, vi que você comentou que tem muitas filas domingo porque é de graça, mas em janeiro também?
        Obrigada

        Abraços,
        Acho que sim, pois ainda tem bastante turista esse mês por aqui.

        Abs e obrigada eplos parabéns
      1. Avatar de luciananabuth
        luciananabuth -
        Ola dani,

        tenho visitado muito seu site ultimamente...
        ele esta com informaçoes excelentes... Parabens pela iniciativa!!!!
        Vou ficar 10 dias na Italia. Como vou vir de Paris, optei por começar em Veneza, onde passaremos 1 noite e seguiremos para Florença, onde pensamos em passar 3 noites para visitar Piza e Siena. Depois teriamos 4 noites em Roma, mas no ultimo dia apenas a manha pois pegariamos um train para Milao de onde sai o nosso voo.
        Minhas duvidas sao:
        *Qual a melhor forma de fazer esses trajetos internos? é train mesmo??? De Paris pegaremos um noturno para ganharmos tempo e economizarmos na diaria, mas e ai na Italia???
        *voce acha que a forma que dividimos os dias ai na Italia esta bom???
        *Vc acha que consigo fazer Piazza Venezia, Campidoglio, Forum Romano, Coliseu, Palatino, Arco de Constantino, Circo Maximo e Isola Tiberina em um dia???
        * em florença e siena, o que voce acha que nao podemos perder???

        Obrigada pela ajuda...

        Luciana
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Oi, Luciana! O melhor é fazer esses trajetos de trem mesmo. Se vc viesse de Veneza direto a Roma eu aconselharia pegar um aviao, sairia mais barato, mas como vc vem parando, a melhor opçao é o trem.

        Acho que esta otimo como vc dividiu os dias aqui na Italia.

        Vc consegue fazer esse roteiro em um dia, sim. Vc vai andar bastante, mas consegue.

        Sobre Florença e Toscana, te indico visitar esses sites:

        Toscana | Viagem à Toscana (Florença, Siena, San Gimignano)

        10 pontos turísticos que devem estar no seu roteiro! | GIRO PELA TOSCANA por Roberta Ristori

        Abs!
      1. Avatar de laraalexandre
        laraalexandre -
        Dani, já vi em relatos que algumas pessoas retornam ao Vaticano no dia seguinte para terminar o passeio, por exemplo, visitar a basilica. A minha dúvida é: é possível entrar outra vez no Vaticano com o mesmo ingresso? Já comprei o meu pela internet e queria saber se isso é viável. Obrigada.
      1. Avatar de asoliveira
        asoliveira -
        Olá Dani!
        Estive em em Roma em 2010 e fiz seu roteiro de 3 dias em 1 dia e meio rsss
        Venho novamente pedir sua ajuda: Voltarei com a família toda para o carnaval de 2012 anos e gostaria de saber se a Basilica de São Pedro e os museus do Vaticano abrem durante o carnaval. Não estou conseguindo esta informação em nenhum lugar... Você sabe informar?
        Desde já agradeço
        Beijo
        Andrea
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Citar Postado Originalmente por laraalexandre Ver Post
        Dani, já vi em relatos que algumas pessoas retornam ao Vaticano no dia seguinte para terminar o passeio, por exemplo, visitar a basilica. A minha dúvida é: é possível entrar outra vez no Vaticano com o mesmo ingresso? Já comprei o meu pela internet e queria saber se isso é viável. Obrigada.
        Oi, Lara! O ingresso para os Museus Vaticanos valem somente para um dia. Para entrar na Basílica não precisa pagar, por isso tem gente que volta no outro dia para terminar o passeio. A propósito a entrada para os Museus não é a mesma da Basílica, Cúpula e Tumbas, ela fica aqui: Musei Vaticani, Viale Vaticano, Roma - Google Maps
        Abs!
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Citar Postado Originalmente por asoliveira Ver Post
        Olá Dani!
        Estive em em Roma em 2010 e fiz seu roteiro de 3 dias em 1 dia e meio rsss
        Venho novamente pedir sua ajuda: Voltarei com a família toda para o carnaval de 2012 anos e gostaria de saber se a Basilica de São Pedro e os museus do Vaticano abrem durante o carnaval. Não estou conseguindo esta informação em nenhum lugar... Você sabe informar?
        Desde já agradeço
        Beijo
        Andrea
        Oi, Andrea! Puxa... meus parentes, quando vem pra cá, fazem aquele roteiro de 3 dias em uma semana! rsrs
        Não sei que dia vai ser o carnaval esse ano, mas veja aqui o Calendário 2012 dos Museus Vaticanos.
        Bjos!
      1. Avatar de Cludera.
        Cludera. -
        Adorei seus posts' mas gostava de saber o que posso fazer sobre uma visita de 3 dias completa aos icons romanos e levar a minha mulher num passeio romantico so nos os dois porque ela merece o triplo ou quadroplo disso. Agradeco a tua ajuda com restaurantes etc.....
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Olá, Cludera! Veja esse roteiro: Roteiro de 3 dias para Roma

        Uma sugestão de passeio romântico é fazer um city tour por Roma a noite com motorista que fale português. Conheço a Elmocar, empresa de um brasileiro que vive em Roma há mais de 20 anos.

        Sobre restaurantes veja aqui: Restaurantes bons e baratos

        Abs!
      1. Avatar de Kapachiega
        Kapachiega -
        Olà Dani tudo bem? Primeiro parabéns pelo blog !!! Segundo gostaria de uma sugestão, eu e meu marido ficaremos em Roma no periodo de 29/08 ate 04/09. Vi que tem muito lugares lindos mais infelismente percebi que não tem como visitar tudo neste pequeno periodo. Gostaria de uma sugestão de roteiro! Obrigada bjos
      1. Avatar de jeloyola
        jeloyola -
        Olá, Dani! Estarei em Roma entre os dias 21/12 e 25/12, e gostaria de saber se o mercado do Campo dei Fiori funciona aos domingo na época de natal. Estava planejando visitar o local dia 22/12, próximo domingo, mas não gostaria de encontrar o mercado fechado. Obrigada!
      1. Avatar de danifurlan
        danifurlan -
        Olá, jeloyola! O mercado de Campo dei Fiori funciona todos os dias menos de domingo (acho que só o dia 25 não funcionará). O horário é das 7h às 13h30.

        Abs!